Coronavírus – Um Novo Olhar sobre a Pandemia Mundial

Coronavírus – Um Novo Olhar sobre a Pandemia Mundial

O Coronavírus atingiu o mundo inteiro e convida a humanidade a uma reflexão:

Quando tudo isso passar, e vai passar, o mundo estará diferente.

Mas que lições iremos aprender?

Um vírus, o coronavírus, nos coloca em quarentena e nos faz repensar todas as nossas convicções formadas ao longo de anos de vitórias esportivas, desenvolvimento tecnológico, acúmulo de riquezas, conquistas científicas, enfim, tudo aquilo que chamamos de evolução, porém:

Não somos tão fortes como imaginávamos, não somos tão onipotentes como pensávamos e sim, nós, os humanos, também podemos ser literalmente dizimados.

O homem tão inteligente, tão ousado, está acuado por um ser que é microscópico, mas letal a humanidade.

A COVID-19 demonstra a fragilidade da vida humana e a importância de termos consciência de que cada atitude nossa, cada gesto, impacta na vida do outro.

Não somente de outro ser humano, mas de outros seres cuja vida é tão significativa, tão importante quanto a nossa.

Talvez esta experiência sirva para nos fazer refletir sobre as nossas atitudes: quantas vezes nós humanos colocamos outras espécies em isolamento, acuadas, com medo? Quantas vezes dizimamos populações inteiras com poluição, agrotóxicos, desmatamentos, queimadas? Quantas vezes não nos importamos com as consequências dos nossos atos, com as mudanças climáticas, com o aumento da temperatura no planeta, com a fome, a pobreza, com a vida…

A natureza tão menosprezada e maltratada pela nossa espécie, nos força a resgatar algo que a muito tempo nos falta: a empatia.

Quantas vezes nos fechamos no nosso mundo de acumular, de ter e esquecemos de olhar pro lado?

Precisamos abrir os olhos: O que nos faz racionais, não é a nossa inteligência. É o uso que fazemos dela.

É momento do ser humano parar e pensar no sentido da sua existência. O que de fato tem valor nas nossa vidas?

É hora de sermos solidários e acima de tudo conscientes de que mais do que nunca precisamos aprender mais esta lição: Somos frágeis. Tanto quanto os ecossistemas que nos cercam.

Precisamos de fato nos unir, ser solidários, praticar a empatia e ter esperança que tudo isso vai passar mas não será em vão:

Vamos aprender a cuidar melhor uns dos outros, a não subestimar as forças da natureza e a ter a consciência de que o que nos faz grandes, não é o que temos, é o que somos.

Esta é a mensagem principal do video “Coronavírus – Novo Olhar sobre a Pandemia Mundial” que faz parte de uma série de vídeos do Projeto Consciência criado pelo Instituto Seres do Bem para despertar na humanidade o espírito de responsabilidade com o equilíbrio do planeta.

Seres do Bem – Por uma humanidade mais consciente.

Share this post

Comments (9)

  • izle 28 de junho de 2022 Reply

    You do have a fabulous blog thanks. Anne ErvIn Linoel

  • Phill 1 de julho de 2022 Reply

    Wow, this piece of writing is good, my sister is analyzing such things, so I am going to tell her. Verine Lowell Revell

  • Kendra Wilfred 4 de julho de 2022 Reply

    I was examining some of your articles on this site and I conceive this site is really instructive! Retain posting.

  • erik 5 de julho de 2022 Reply

    Very informative blog post. Really looking forward to read more. Great. Shawn Hanan Corabelle

  • Dido Coraline 6 de julho de 2022 Reply

    I have recently started a site, the info you offer on this site has helped me greatly. Thank you for all of your time & work. Dido Joshuah Coraline

  • Cristine Ase Seessel 6 de julho de 2022 Reply

    Excellent post! We will be linking to this great article on our website. Keep up the great writing. Cristine Ase Seessel

  • Rica Alastair Algie 6 de julho de 2022 Reply

    I believe this is among the most significant info for me. Rica Alastair Algie

  • Briney Godwin Rudolf 6 de julho de 2022 Reply

    I conceive you have mentioned some very interesting points , thanks for the post. Briney Godwin Rudolf

  • Isis 9 de julho de 2022 Reply

    Bonne continuation pour ton blog que je continue à suivre réguliérement.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.